Espanha usará exército para rastrear contatos de contaminados por covid-19

220
Espanha Pedro Sánchez
Primeiro-ministro da Espanha, Pedro Sánchez. Foto: Divulgação/ Serviço Audiovisual da União Europeia (UE).

São Paulo — O primeiro-ministro espanhol, Pedro Sánchez, anunciou que usará o exército para rastrear os contatos de pessoas contaminadas pelo novo coronavírus em uma tentativa de controlar o ressurgimento de casos no país.

“O governo colocará 2 mil soldados à disposição das comunidades autônomas para fins de rastreamento”, disse ele em entrevista coletiva.

As contaminações por covid-19 na Espanha aumentaram drasticamente depois que um bloqueio rígido foi suspenso em junho. Agora, o país tem 405.436 de casos confirmados, de acordo com a contagem da Universidade Johns Hopkins. O número de mortes pela doença soma 28.872.

A capital Madrid e a Catalunha são responsáveis pela maior parte das infecções no país.

Falando na coletiva, Sánchez admitiu que o ressurgimento de casos é alarmante, mas prometeu que seu governo fará todo o possível para a curva cair novamente.