Copel lança novo PDI que prevê R$ 74,8 mi em indenizações

130
Foto: Alain Schroeder/União Europeia

São Paulo – A Companhia Paranaense de Energia (Copel) lançou um novo programa de demissão incentivada (PDI), com a previsão de pagar R$ 74,8 milhões em indenizações e economizar R$ 168,7 milhões a partir de 2021.

O programa está aberto em duas fases, com adesões de 1 a 15 de outubro e de 1 a 15 de novembro, com desligamentos em 15 de novembro e 1 de dezembro, respectivamente.

Na primeira etapa estão aptos funcionários em função técnica ou operacional com benefício de aposentadoria concedido ou protocolado junto ao Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) ou estar com, no mínimo, 25 anos de Copel e 55 anos de idade.

Na segunda fase são aqueles das demais áreas, cargos e funções, desde que tenham benefício de aposentadoria concedido ou protocolado junto ao INSS ou estar com, no mínimo, 25 anos de Copel e 55 anos de idade.

De acordo com a estatal paranaense, atualmente 930 empregados se enquadram nos requisitos.