Companhia solicita desembolso de US$ 500 mi para aumentar liquidez

220

São Paulo – A Suzano solicitou junto a instituições financeiras o desembolso de US$ 500 milhões de sua linha de crédito rotativo, ao custo de Libor + 1,30% e vencimento final em fevereiro de 2024.

De acordo com a companhia, a iniciativa está em linha com as medidas preventivas para mitigar eventuais impactos decorrentes da pandemia do Covid-19, nome do novo coronavírus, buscando mais robustez à posição de liquidez.

Em comunicado, a empresa reiterou seu compromisso com a transparência e, até o momento, suas operações no Brasil e no exterior não estão sendo materialmente impactadas pela pandemia, seguindo normalmente.

Porém, a Suzano afirma que não é possível afirmar que a pandemia não gerará impactos às suas demonstrações financeiras ou alteração de suas estimativas econômicas divulgadas. Caso isso aconteça, a empresa avisará o mercado o quanto antes.