Comissão ouvirá diretor da Aneel sobre apagão no Amapá na terça-feira

148
Congresso Nacional é iluminado em apoio à campanha de conscientização no trânsito conhecida como Maio Amarelo.

Brasília – A comissão de acompanhamento do governo contra a covid-19 ouvirá na terça-feira (17), às 10h, o diretor-geral da Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel), André Pepitone da Nóbrega. A presença foi confirmada após a comissão aprovar um requerimento convidando o diretor para prestar explicações acerca do apagão no Macapá após danos à subestação de energia que provocou apagão que já dura mais de uma semana no Amapá.

O requerimento teve autoria do senador Randolfe Rodrigues (Rede-AP), que está no Amapá. “Nós estávamos na crescente de uma segunda onda da pandemia. Desde o começo do apagão, nós não conseguimos registrar o aumento do número de casos. Ontem [10], recebi a informação de que no Hospital de Oiapoque, no norte do Estado, a UTI já está lotada. A pandemia passou a ser parceira indispensável do caos e da tragédia da falta de energia”, afirmou o senador em sessão do colegiado na quarta-feira.

“Olha, monopólio público é muito ruim, mas você tem, pelo menos, a quem xingar. O monopólio privado, com agência reguladora que não funcione com eficiência, é muito mais despótico, porque geralmente a cabeça pensante e quem manda no dinheiro mora longe. Então, isso é uma advertência para que nós fortaleçamos o sistema de regulação não só na energia elétrica”, afirmou o senador.

Na ocasião os senadores também aprovaram requerimento para convocação dos diretores da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) e do Instituto Butantan a fim de explicar a suspensão de testes na CoronaVac na última semana.