Casos globais de covid-19 passam de 266 milhões, diz Johns Hopkins

Foto: União Europeia (UE)

São Paulo – O número de pessoas infectadas pelo novo coronavírus no mundo passou de 266 milhões, segundo dados compilados pela Universidade Johns Hopkins, e agora soma 266.004.858. As mortes globais por covid-19 totalizam 5.258.833.

Nos Estados Unidos, país que possui o maior número de contaminações e de mortes no mundo, as infecções por covid-19 somam 49.086.840, e as mortes totalizam 788.364.

Depois dos Estados Unidos, a Índia tem o maior número de infecções provocadas pelo novo coronavírus, com 34.641.561 casos, e 473.537 óbitos. O Brasil, que aparece em terceiro lugar em número de casos de covid-19, tem 22.143.091 infectados. As mortes no país totalizam 615.636.

O Reino Unido tem o maior número de casos da Europa e o quarto maior do mundo, totalizando 10.513.325 infeções, com 146.056 mortes. A França, por sua vez, tem 8.021.237 infecções e 120.519 óbitos pela doença.

A Alemanha segue com elevado registro de infecções e óbitos diários, mesmo após a implementação de novas restrições a não-vacinados. O país, maior economia da União Europeia (UE), soma 6.187.622 contaminações e 103.124 mortes.

Espanha vem em seguida, com 5.202.958 casos e 88.159 mortes. Já a África do Sul, berço da nova variante Ômicron do coronavírus, tem 3.031.694 casos, e 89.966 mortes.

O sistema de contagem da Johns Hopkins compila informações da Organização Mundial da Saúde, do Centro de Controle de Doenças norte-americano e do Centro de Controle e Prevenção de Doenças europeu, além de relatos da mídia, de departamentos locais de saúde e comunicados online de médicos e outros profissionais da saúde.