Eurogrupo se reúnem para discutir recuperação econômica europeia

O presidente do Eurogrupo (que reúne os ministros das Finanças da eurozona), Paschal Donohoe / Foto: União Europeia

São Paulo – O Eurogrupo (que reúne os ministros de Finanças da zona do euro) discutirá os esforços para a recuperação da economia da eurozona e os planos de orçamento a serem implementados no próximo ano, na última reunião de 2021, disse o presidente o grupo e ministro de Finanças da Irlanda, Paschal Donohoe.

Os próximos passos serão pensados a fim de “guiar os membros da zona do euro de volta a uma forte recuperação no ano que vem onde poderemos construir renda e manter empregos após um período tão desafiador lidando com a pandemia”, afirmou Donohoe, em um comunicado nas redes sociais.

O encontro se dá numa altura em que vários Estados membros na zona do euro relatam um aumento do número de casos da covid-19, com a variante Ômicron pesando nas perspectivas econômicas. Além disso, as pressões inflacionárias seguem elevadas na região.

Entre os pontos discutidos no Eurogrupo estarão a performance do euro durante este ano e as perspectivas para 2022, bem como a União Bancária, “uma parte fundamental sobre como podemos aprofundar e fortalecer a União Europeia (UE)”, e que pode contribuir para uma recuperação econômica durável e para criar mais investimentos e empregos, disse Donohoe.

Os ministros também vão avaliar o resultado do Artigo IV do Fundo Monetário Internacional (FMI) sobre a zona do euro, bem como as conclusões dos relatórios de supervisão pós-programa de resgate financeiro sobre Chipre, Portugal, Irlanda e Espanha.

Edição: Cristiana Euclydes