Casos de infecção pelo novo coronavírus seguem aumentando na Itália e na Coreia do Sul

158
Bandeiras dos países do G-20 (grupo que reúne economias mais industrializadas e países emergentes) / Foto: Divulgação / Governo britânico

São Paulo – Mais 122 casos de coronavírus foram confirmados na Itália até ontem, segundo informações do ministério da Saúde do país. Ao todo são 650 pessoas infectadas, 17 mortes e 45 pessoas curadas. Além disso, o governo também informou que são 248 pessoas hospitalizadas, 56 em cuidado intensivo e 284 em isolamento doméstico.

A Coreia do Sul, que registra o maior número de casos fora da China, registrou um aumento de 571 casos entre às 16h de ontem e 16h de hoje (horário local). A taxa de alta foi maior do que a registrada pelos chineses, que reportaram um aumento de apenas 327 caso entre ontem e hoje. Ao todo, são 2.337 casos e 13 mortes na Coreia do Sul.

Já no Reino Unido, foram confirmados mais dois casos da doença, elevando o total de infectados para 19. Segundo informações dos departamento de Saúde do governo britânico, os dois novos pacientes contraíram o vírus ao passarem pelo Irã nos últimos dias.

A Nova Zelândia confirmou seu primeiro caso hoje. Segundo o governo, “sabíamos que a probabilidade de um caso vindo do exterior era alta, mas acreditamos que uma epidemia dentro do país é algo com expectativas de baixas para moderadas”.