Casa Branca transfere aos estados responsabilidade por eleições presidenciais

113

São Paulo – A Casa Branca minimizou a possibilidade de adiamento das eleições presidenciais marcadas para novembro, transferindo para os governos estaduais a responsabilidade pela realização do pleito.

“Cabe aos estados garantir que a segurança para que as eleições acontecem da melhor maneira”, disse a porta-voz da Casa Branca, Kayleigh McEnany em entrevista coletiva.

Em uma mensagem publicada ontem no Twitter, o presidente norte-americano, Donald Trump, sugeriu adiar as eleições, citando preocupações com a segurança das pessoas por conta da pandemia do novo coronavírus e também a possibilidade de fraude em votos pelo correio.

No mesmo dia, horas mais tarde, Trump recuou em sua sugestão e reafirmou o compromisso de realizar as eleições na data prevista. A Casa Branca reforçou esse compromisso hoje. “O presidente Trump quer realizar as eleições em 3 de novembro, ele está preparado para isso”, afirmou McEnany na coletiva.

Apenas o Congresso norte-americano tem o poder de alterar o calendário das eleições nos Estados Unidos. A sugestão inicial de Trump gerou uma resposta imediata entre os parlamentares dos dois lados do Congresso, que rejeitaram a possibilidade de mudança neste momento.