Casa Branca se prepara para vacinar crianças de 5 a 11 anos contra covid-19

553
Foto: União Europeia (UE)

São Paulo – A Casa Branca está se preparando para enviar doses de vacinas contra a covid-19 a mais de 25 mil consultórios pediátricos, escolas e farmácias para garantir a imunização de crianças de cinco a 11 anos assim que reguladores dos Estados Unidos deram sinal verde para que essa faixa etária seja protegida contra o novo coronavírus.
“As crianças têm necessidades diferentes das dos adultos e nosso planejamento operacional é voltado para atender a essas necessidades específicas, incluindo a oferta de vacinas em ambientes com os quais os pais e crianças estão familiarizados e confiam”, disse o coordenador para a resposta à covid-19 da Casa Branca, Jeff Zients.
No início do mês, a Pfizer e sua parceira alemã BioNTech enviaram o pedido de autorização de emergência para a Food and Drug Administration (FDA, na sigla em inglês) para imunizar crianças de cinco a 11 anos com sua vacina contra a covid-19. Um painel de especialistas externos da agência deve revisar os dados enviados pelas farmacêuticas no próximo dia 26. Nos dias 2 e 3 de novembro é a vez de o comitê consultivo independente do Centro de Controle e Prevenção de Doenças dos Estados Unidos (CDC, na sigla em inglês) se reunir para considerar a vacina.
A Casa Branca disse que o governo tem trabalhado em coordenação com as autoridades estaduais e municipais os planos de distribuição das vacinas, caso sejam aprovadas. Se isso acontecer, crianças pequenas receberiam duas injeções, com três semanas de intervalo, assim como adolescentes e adultos fazem, mas em uma dosagem menor.