Câmara dos EUA anuncia dois artigos de impeachment contra Donald Trump

59
O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump. Foto: Divulgação/ Casa Branca

Por Julio Viana

São Paulo – Os representantes democratas, que lideram o inquérito de impeachment contra o presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, anunciaram que, segundo as comissões que investigam o caso, Trump cometeu crime de abuso de poder e obstrução de justiça utilizando de sua posição como mandatário do país.

“Hoje, o comitê judiciário da Câmara introduz dois artigos de impeachment acusando o presidente Donald Trump de cometer crimes de responsabilidade de alto escalão”, anunciou o presidente do comitê, Jerrold Nadler à imprensa.

Segundo Nadler, um se trata de abuso de poder, onde Trump é acusado de ter utilizado seu poder como presidente para intimidar a Ucrânia a investigar seu rival política, Joe Biden, interferindo nas eleições presidenciais de 2020.

“Essas ações são consistentes com os convites anteriores feitos por Trump à interferência estrangeira nas eleições de 2016”, afirmou Nadler.

O outro artigo trata-se de uma acusação de obstrução de justiça, na qual o comitê afirma que Trump impediu o acesso do comitê a provas importantes do processo.

“Quando ele foi pego, quando a Câmara abriu o inquérito de impeachment e iniciou suas investigações, Trump iniciou uma cruzada sem precedentes, categórica e indiscriminada contra este inquérito. E isso categoriza o segundo artigo de impeachment de obstrução de justiça”, anunciou Nadler.

“Foi preciso oito meses para conseguirmos uma apelação que proibiu a Casa Branca de interferir na Câmara”, afirmou Adam Schiff. “Não podemos esperar mais oito meses para uma corte nos dar direito aos documentos que o presidente nos impede de ter acesso. Esperar seria dar a chance de Trump burlar outra eleição.”