James Bullard reafirma que deve lutar agressivamente para conter inflação

593
O presidente da unidade do Federal Reserve (Fed, o banco central norte-americano) de Saint Louis, James Bullard / Foto: Fed Saint Louis

São Paulo – O presidente do Federal Reserve (Fed, o banco central americano) de St. Louis, James Bullard, voltou a dizer hoje que o banco central deve lutar “agressivamente” para retomar a inflação dos Estados Unidos sob controle.

“Temos que agir de forma direta e agressiva para que a inflação volte a cair e fique sob controle”, disse Bulard durante um painel de discussão sobre bancos centrais e inflação realizado em Zurique, na Suíça.

Defendendo que o aumento da taxa básica de juros do Fed irão reduzirão a inflação para a meta de 2% do Fed, Bullard alertou que as economias poderiam ser expostas a “uma década de alta inflação”.

“Precisamos elevar as taxas de juros mais cedo para controlar a inflação no curto prazo. A inflação interrompe os sinais de preços na economia”, explicou.

Bullard disse que espera que a taxa de juros do Fed seja elevada para 3,5% até o final deste ano – atualmente está na faixa-alvo de 1,5%-1,75%.O Fed fez um aumento de 0,75 ponto percentual no dia 15 de junho, depois de um aumento de 0,5% em maio e um aumento de 0,25 em março.