Boris Johnson sai do hospital após internação devido a novo coronavírus

São Paulo – O primeiro-ministro britânico, Boris Johnson, deixou o hospital ontem depois de passar quase oito dias internado devido à infecção do novo coronavírus. Johnson não irá retomar o trabalho imediatamente mas afirmou que manterá contato com seus ministros enquanto se recupera.

Johnson agradeceu ao Serviço Nacional de Saúde do país (NHS, na sigla em inglês), o sistema público de saúde britânico, e os funcionários que o ajudaram na recuperação.
Ele, agora, deve ir até Chequers, a propriedade rural dos primeiros-ministros britânicos, para se recuperar e manter-se em isolamento.

Em um vídeo postado em sua conta no Twitter, Johnson agradeceu especialmente dois enfermeiros que, segundo ele, permaneceram ao seu lado “durante 48 horas durante as quais qualquer coisa poderia ter me acontecido”.

Os dois funcionários são estrangeiros: uma mulher da Nova Zelândia e um homem de Portugal.

Johnson agradeceu à população e pediu que continuem com as normas de isolamento social colocadas no país. O país já possui mais de 85 mil casos e mais de 10 mil mortes devido ao novo coronavírus.