Bolsa de Hong Kong faz oferta para comprar Bolsa de Londres

Por Cristiana Euclydes

São Paulo – A Bolsa de Hong Kong (HKSX) fez uma proposta para comprar a Bolsa de Londres (LSE) por 29,6 bilhões de libras em dinheiro e em ações, de acordo com a empresa, em comunicado.

O valor representa um prêmio de 22,9% sobre o preço da LSE no fechamento do dia 10 de setembro. A combinação das suas empresas é “uma oportunidade estratégica altamente atraente para criar um líder de infraestrutura no mercado global”, segundo a nota.

“O Conselho da HKEX acredita que os dois negócios são altamente complementares e, como tal, espera trabalhar com as autoridades relevantes para fornecer um caminho claro para a conclusão”. Além disso, a equipe gestora da Bolsa de Londres continuará operando os negócios da empresa e vai e participar da gestão do grupo de Hong Kong.

A HKEX afirmou ainda que a proposta só irá adiante se a LSE desistir de seu plano de comprar o provedor de informações financeiras Refinitiv. “Um novo anúncio será feito quando for apropriado”, segundo o comunicado.

A LSE anunciou no início de agosto que planejava comprar o Refinitiv por US$ 27 bilhões, cerca de dez meses depois que um consórcio liderado pelo grupo de private equity Blackstone concluiu a compra do Refinitiv da Thomson Reuters.

A Bolsa de Hong Kong já é dona e operadora da Bolsa de Matais de Londres (LME), desde 2012.

WP Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com