Blinken adverte contra ocupação de Gaza e pede início de discussões de paz

240
Secretário de Estado norte-americano, Antony Blinken / Foto: Secretaria de Estado dos Estados Unidos

São Paulo – O secretário de Estado dos Estados Unidos , Antony Blinken, alertou nesta quarta-feira contra a ocupação de Gaza e instou ao início de um processo de paz.

Falando com repórteres em Tóquio, onde participou da reunião ministerial do G7, Blinken enfatizou que a única maneira de assegurar o fim duradouro do conflito entre Israel e o Hamas é estabelecer as bases para um processo de paz. Ele salientou ainda que os ministros concordaram que não deve haver redução do território de Gaza após o conflito.

Blinken também expressou preocupação com o deslocamento forçado dos palestinos de Gaza, tanto no presente como após o término do conflito. Além disso, ele ressaltou a importância de garantir que Gaza não seja utilizada como plataforma para o terrorismo ou outros ataques violentos, e que qualquer novo governo na região deve ser liderado por palestinos. O secretário deixou claro que a ocupação de Gaza, bem como qualquer imposição de bloqueio ou redução de seu território, não são soluções viáveis.

“Devemos também trabalhar nos elementos afirmativos para alcançar uma paz duradoura”, disse ele. “Isso deve incluir as vozes e aspirações do povo palestino no centro da governança pós-crise em Gaza”, concluiu.