Biden diz que EUA devem liderar o mundo contra ações da China

136
O ex-vice-presidente dos Estados Unidos, Joe Biden / Foto: Casa Branca

São Paulo – Os Estados Unidos devem liderar o mundo na condenação da China se impuserem novas regras de segurança nacional a Hong Kong, disse o ex-presidente norte-americano Joe Biden depois que Pequim divulgou uma lei que poderia minar a autonomia do território.

“Deveríamos chamar o resto do mundo para condenar suas ações, criticando [Donald Trump] pelo silêncio sobre questões de direitos humanos”, disse Biden em entrevista para a CNBC.

“Tudo o que faz é incentivar bandidos e ditadores, os quais, de fato, acho que o presidente tem algum tipo de afinidade”, acrescentou.

Ontem, o presidente norte-americano, Donald Trump, alertou que Washington reagiria “fortemente” contra qualquer tentativa de Pequim de obter mais controle sobre a ex-colônia britânica.