Biden diz que economia está dez anos longe de atingir pleno emprego

163
O presidente dos Estados Unidos, Joe Biden / Foto: Campanha Joe Biden

São Paulo – O presidente norte-americano, Joe Biden, manifestou preocupação com os dados divulgados mais cedo sobre o mercado de trabalho, reforçando os apelos para que um pacote de estímulos mais amplo seja aprovado rapidamente pelo Congresso.

“Os dados de hoje mostram que estamos dez anos distantes de atingir o pleno emprego”, afirmou ele em declarações breves à imprensa no Salão Oval da Casa Branca.

De acordo com o Departamento do Trabalho, a economia dos Estados Unidos criou 49 mil postos de trabalho em janeiro, depois de um fechamento de 227 mil postos em dezembro, e a taxa de desemprego caiu para 6,3%, de 6,7% no mês passado.

O número de vagas criadas ficou abaixo da projeção dos analistas ouvidos pela Agência CMA, que esperavam abertura de 50 mil vagas. A taxa de desemprego veio abaixo da previsão de 6,7%.

Biden está tentando avançar com sua proposta de US$ 1,9 trilhão para apoiar a economia durante a pandemia do novo coronavírus. Mais cedo, o Senado aprovou um plano de orçamento para avançar com o alívio por meio de um mecanismo que permite sua aprovação por maioria simples.