BB, Bradesco, Itaú e Santander lucram R$ 23,2 bilhões no 3º trimestre, aponta consultor

196
Imagem: Shutterstock

São Paulo, 10 de novembro de 2023 – O lucro líquido contábil consolidado dos quatro maiores bancos de capital aberto do Brasil – Banco do Brasil (BB), Bradesco, Itaú Unibanco e Santander no terceiro trimestre de 2023 atinge R$ 23,2 bilhões, o quinto maior da história em valores nominais. O recorde foi estabelecido no segundo trimestre de 2022, com R$ 26,1 bilhões, seguido pelos primeiros trimestres de 2022 (R$ 24,3 bilhões) e de 2023 (R$ 23,4 bilhões).

Os dados foram compilados pelo consultor financeiro Einar Rivero, que realizou uma análise consolidada da lucratividade, PDD e ROE dos quatro maiores bancos após a divulgação dos balanços do 3T23.

“Esses lucros históricos, sem ajustes, destacam-se em termos nominais”, comenta o consultor.

“Ao calcular a rentabilidade sobre o patrimônio (ROE), observamos uma média de 14,85% no terceiro trimestre de 2023, retornando aos níveis do primeiro trimestre de 2021. Em contrapartida, no terceiro trimestre de 2022, a mediana dos bancos foi de 19,01%, marcando quatro trimestres consecutivos de declínio”, acrescenta.

Segundo a análise, o melhor registro do ROE ocorreu no segundo trimestre de 2011, atingindo 25,08%, enquanto o pior foi no quarto trimestre de 2020, com 12,80%.

A provisão para devedores duvidosos (PDD) impacta os lucros dos bancos, e no terceiro trimestre de 2023, o valor consolidado dos quatro bancos é de R$ 32,5 bilhões, o segundo maior valor registrado em termos nominais. O pico foi no quarto trimestre de 2022, com R$ 36,3 bilhões em PDD.

Os valores mencionados são referentes aos balanços contábeis, sem ajustes para lucros extraordinários ou correção pela inflação, ressalta.