Bancários do Banco do Brasil fazem nova greve hoje contra reestruturação

165

São Paulo – Os bancários do Banco do Brasil fazem nova greve hoje após 87% da categoria decidir pela paralisação em assembleia virtual na última sexta-feira (5). Segundo o Sindicato dos Bancários e Financiários de São Paulo, Osasco e Região, a greve é mais uma etapa da reação contra a reestruturação anunciada em janeiro pelo banco, que prevê fechamento de agências e demissões de trabalhadores.

Na última segunda-feira (8), o Banco do Brasil informou que validou a demissão de 5.533 funcionários após o fim das etapas de manifestação voluntária de interesse por desligamento incentivado no Programa de Adequação de Quadros (PAQ) e do Programa de Desligamento Extraordinário (PDE).

Os bancários já fizeram atos nacionais nos dia 15 e 21 de janeiro, além de terem feito uma paralisação de 24 horas no dia 29 de janeiro.

“Os funcionários exigem negociação e transparência”, afirmou a dirigente sindical e bancária do Banco do Brasil, Adriana Ferreira, em nota. “Depois da paralisação do dia 29, quando houve forte adesão da categoria ao protesto, novamente os bancários reforçaram que não irão aceitar passivamente este desmantelamento do Banco do Brasil”, acrescentou.