Azul diz que não negociou nem aprovou transação sobre possível compra da Gol

217

São Paulo, SP – A companhia aérea Azul divulgou ontem (5) um comunicado em resposta à reportagem divulgada pelo Valor Econômico com o título: “Azul contrata assessores financeiros para avaliar possível aquisição da Gol, diz agência.

Em seu Ofício, a B3 solicita a manifestação da Companhia acerca da notícia veiculada pelo Valor Econômico acerca da contratação, por parte da Azul, de assessores financeiros para a analisar uma possível aquisição de Gol, que atualmente está passando por um processo de recuperação judicial na corte dos Estados Unidos, conhecido como Chapter 11.

“Gostaríamos de reforçar o nosso compromisso com a observância das regras de divulgação de informações periódicas, eventuais e demais informações de interesse do mercado aplicáveis às companhias abertas, garantindo sua ampla e imediata disseminação e o tratamento equitativo a todos, de forma a evitar qualquer tipo de assimetria de informação que possa prejudicar seus investidores”, explicou a companhia, que afirmou que, até o momento, não negociou nem aprovou nenhuma transação específica.

Por fim a companhia afirmou que, ciente de sua responsabilidade fiduciária, está sempre atenta às dinâmicas estratégicas do setor aéreo e a possíveis oportunidades de parcerias, podendo como prática regular contratar consultores para apoiar a empresa nesses esforços.