Auxílio emergencial terá mais quatro parcelas de R$ 300

181
Presidente Jair Bolsonaro durante encontro com lideranças empresariais e cerimônia de entrega da Ordem do Mérito Industrial São Paulo. (Foto: Alan Santos/PR)

São Paulo – O presidente Jair Bolsonaro vai editar uma medida provisória (MP) que inclui mais quatro parcelas de R$ 300 cada para o auxílio emergencial. O valor é inferior ao que está sendo pago atualmente, de R$ 600, e foi decidido durante uma reunião entre congressistas, o presidente e ministro da Economia, Paulo Guedes.

“O valor, como vínhamos dizendo, R$ 600 é muito para quem paga, no caso Brasil, e podemos dizer que não é valor suficiente muitas vezes para todas as necessidades, mas basicamente atende”, disse o presidente Bolsonaro ao anunciar a medida, acrescentando que, apesar da redução, as novas parcelas do auxílio emergencial são superiores ao valor médio dos benefícios distribuídos pelo Bolsa Família.

O líder do governo na Câmara dos Deputados, Ricardo Barros (PP-PR), disse que o acordo feito com os congressistas prevê também que o governo envie a reforma administrativa para o Congresso, mas que ela valha apenas para novos servidores públicos.