Apesar de melhora de Trump, debate eleitoral do dia 15 continua cancelado

95

São Paulo — A Comissão de Debates Presidenciais (CDP) ainda não apresentou nenhum parecer sobre o cancelamento do embate marcado para o dia 15 de outubro entre o presidente dos Estados Unidos e candidato à reeleição, Donald Trump, e seu rival democrata, Joe Biden, depois que Trump anunciou ter testado negativo para covid-19 e, portanto, ter se curado da doença.

Em 8 de outubro, o CPD anunciou que, “para a saúde e segurança de todos os envolvidos, o segundo debate presidencial, agendado para 15 de outubro em Miami, seria realizado virtualmente”, depois que o presidente Trump foi testado positivo para o novo coronavírus.

“Posteriormente, as campanhas dos dois candidatos que se qualificaram para participar do debate fizeram uma série de declarações a respeito de suas respectivas posições quanto à disposição de participar do debate virtual no dia 15 de outubro, e cada um já anunciou planos alternativos para essa data”, afirmou o CDP.

“Agora é evidente que não haverá debate em 15 de outubro, e o CPD voltará sua atenção para os preparativos para o debate presidencial final agendado para 22 de outubro”, disse o órgão em comunicado oficial.

O último debate será realizado na Belmont University, em Nashville, no Tennessee, com testes feitos antes do evento, distanciamento social e outros protocolos exigidos.

“Conforme anunciado no dia 23 de junho, o debate será dividido em seis segmentos de 15 minutos. Os tópicos dos seis segmentos serão selecionados e anunciados pelo moderador pelo menos uma semana antes do debate. Kristen Welker da NBC News servirá como moderadora do debate”, concluiu a organização.