África do Sul libera uso emergencial de vacina para covid-19 da Pfizer

Foto: BioNTech

São Paulo – Após suspender o uso da vacina produzida pela AstraZeneca em parceria com a Universidade de Oxford, as autoridades da África do Sul liberaram o uso emergencial do imunizante contra a covid-19 feito pela Pfizer em parceria com a BioNTech.

O país, que suspendeu a vacina da AstraZeneca por suspeita de provocar trombose em pessoas imunizadas, também já aprovou a vacina de dose única da Johnson & Johnson.

A África do Sul começou a imunização em massa em 17 de fevereiro em um processo em três etapas que começou pelos profissionais de saúde.