Ações da MRV caem após dados operacionais; Bradesco BBI vê números mais fracos

251

São Paulo – As ações da MRV reagem negativamente aos números do terceiro trimestre divulgados pela companhia. Na avaliação do Bradesco BBI, por exemplo, os dados vieram um pouco mais fracos do que o esperado, já que apesar do grande número de lançamentos, as vendas líquidas têm ficado para trás, evidenciando o aumento do estoque e menor velocidade de vendas. Às 10h39 (horário de Brasília), os papéis da construtora (MRVE3) caíam 0,57%, a R$ 17,34.

Foto divulgação: MRV

As vendas líquidas da MRV no terceiro trimestre deste ano aumentaram 18,8% na comparação com igual período do ano passado, atingindo R$ 1,395 bilhão, informou a empresa. No período, foram vendidas 9,679 mil unidades, queda de 11,4% na comparação com o terceiro trimestre de 2018.

Os analistas do Bradesco destacam que subsídios mais baixos e maiores
restrições de crédito da Caixa Econômica Federal desde o início de 2018
tornaram as condições do programa Minha Casa, Minha Vida (MCMV) mais
difíceis, o que prejudicou as vendas líquidas da MRV. Outro ponto destacado
foi uma significativa queima de caixa, de R$ 200 milhões no terceiro trimestre.

“Dada a maior dificuldade em relação ao MCMV, vemos risco de queda nas
projeções de vendas e lançamentos para 2019. Mantemos nossa preferência em companhias focadas em unidades mais acessíveis, como a Direcional e a Tenda”, disseram os analistas, em relatório. Com isso, mantiveram a recomendação “neutral” (equivalente à manutenção) para os papéis, com preço-alvo de R$ 18,00.

Os analistas da Mirae Asset Corretora, por sua vez, afirmam que em geral os
dados operacionais do terceiro trimestre mostraram melhora operacional, mas ainda fracos. “O ponto negativo ficou por conta do atraso no repasse do
programa MCMV, mas com a normalização, esperamos a recuperação no caixa da empresa já no quarto trimestre”, afirmaram, em relatório.

O analistas também seguem otimistas com a ação para 2020, pois com a
queda nas taxas de juros e recuperação da economia em 2020, o setor de construção civil será um dos beneficiados e consequentemente a MRV, exposta ao programa MCMV.