Vacina da AstraZeneca pode reduzir transmissão de covid-19 em 67%

159
Foto: AstraZeneca

São Paulo – Pesquisadores da Universidade de Oxford anunciaram que sua vacina contra covid-19 pode ter um efeito de redução de até 67% na transmissão do vírus após uma dose. O estudo também indicou que o espaçamento das doses por até três meses melhorou a eficácia, de acordo com dados adicionados a descobertas publicadas anteriormente.

Os dados preliminares e não revisados são os primeiros a mostrar que uma vacina pode ser capaz de retardar a propagação da doença, não apenas evitar que as pessoas desenvolvam seus sintomas.

“A análise mostrou o potencial da vacina para reduzir a transmissão assintomática do vírus, com base em testes semanais obtidos de voluntários no estudo no Reino Unido. Os dados mostraram que as leituras positivas de PCR foram reduzidas em 67% após uma única dose e 50% após o regime de duas doses, apoiando um impacto substancial na transmissão do vírus”, afirma a AstraZeneca em comunicado.

A universidade, que desenvolveu a vacina em parceria com a AstraZeneca PLC, disse que os dados, postados no site do jornal médico Lancet, mostraram que a eficácia contra o Covid-19 sintomático foi bem sustentada em 76% de 22 dias após a primeira dose e até 90 dias depois.

Os dados baseiam-se nos resultados de dezembro e incluem informações envolvendo mais de 17 mil voluntários em testes em estágio final conduzidos em Oxford no Reino Unido, Brasil e África do Sul.

Oxford disse que “os participantes do estudo mostraram eficácia de 82,4% após receberem duas doses com intervalo de 12 semanas, em comparação com apenas 54,9% se as doses fossem espaçadas menos de seis semanas”.

Eles disseram que a proteção não foi reduzida em um período de três meses. Os dados adicionais são baseados em resultados até 7 de dezembro e não abordam os níveis de eficácia contra as variantes mais recentes comuns no Reino Unido e na África do Sul. Os dados nos próximos dias devem lançar luz sobre o quão bem a vacina protege contra as versões do vírus que se espalham rapidamente.