Trump está pressionando para ter um acordo o mais rápido possível, diz Navarro

147
O assessor para o Comércio da Casa Branca, Peter Navarro,(ao centro) / Foto: Casa Branca

São Paulo — O conselheiro para políticas de comércio e indústria da Casa Branca, Peter Navarro, acusou os democratas de estarem usando os trabalhadores norte-americanos como “reféns para conseguir um acordo maior” e disse que o presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, quer ver progresso imediato nas negociações para uma extensão de benefícios.

“O presidente está muito preocupado e quer ver progresso imediato nos pacotes de auxílio”, afirmou Navarro em entrevista à rede de televisão “Fox News”.

“Infelizmente, parece que [a presidente da Câmara] Nacy Pelosi e os democratas estão usando os trabalhadores norte-americanos como reféns para conseguirem um acordo maior para eles”, disse ele.

O senador democrata Chuck Schumer, no entanto, afirmou anteriormente que a proposta dos republicanos é trazer para US$ 200 o valor dos cheques dados a cada candidato ao auxílio. O valor original era US$ 600 por pessoa, algo que os legisladores democratas defendem manter para continuar a elevar os gastos no varejo. Ao ser questionado sobre porque os partido do presidente gostaria de cortar o valor do pacote, Navarro disse que não estar “por dentro das negociações” e que prefere “deixar isso com os legisladores e negociadores”.

“O importante é resolver isso logo, isso que quero dizer, dar alguma coisa hoje, depois podemos continuar as negociações”.