Tráfego consolidado cai entre 16 de março e 14 de abril

São Paulo – A divulgação semanal de tráfego da Ecorodovias, prática exercida durante o período de crise causado pela pandemia do Covid-19, nome do novo coronavírus, mostra os números consolidados de veículos equivalentes pagantes entre os 16 de março e 14 de abril e o acumulado de 2020. Os resultados estão sujeitos a revisão.

Entre 16 de março e 14 de abril, o volume de tráfego consolidado alcançou 21,947 milhões de veículos pagantes, uma queda de 23,1% na comparação com 18 de março a 16 de abril de 2019, considerando o tráfego nos mesmos dias da semana.

Desconsiderando a cobrança de pedágio da Eco135 e 050, em engloba a cobrança de pedágio a partir de abril de 2019 e volume anterior a aquisição pela companhia, o total comparável caiu 29,5% no período, para 16,756 milhões de veículos leves e pesados.

No acumulado de janeiro até o dia 14 de abril, o volume consolidado alcançou 99,4 milhões de veículos entre leves e pesados, alta de 1,3% na comparação anual. O total comparável, por sua vez, teve queda de 7,7% e somou 78,674 milhões de veículos.

Veículo equivalente pagante é uma unidade básica de referência em estatísticas de cobrança de pedágio no mercado brasileiro. Veículos leves, como automóveis, correspondem a uma unidade equivalente, enquanto veículos pesados, como caminhões e ônibus, são convertidos em veículos equivalentes baseado no número de eixos.