RADAR DO DIA: Powell na Câmara; Livro Bege; Emprego nos EUA; Produção Industrial de janeiro

238
O presidente do Federal Reserve (Fed, o banco central norte-americano), Jerome Powell / Foto: Fed

São Paulo, SP – Os índices futuros americanos e as bolsas europeias abriram em alta. O dia será marcado pelas declarações do do presidente do Federal Reserve (Fed, o banco central norte-americano), Jerome Powell, na Câmara dos Representantes, para fazer seu depoimento semestral sobre política monetária. Amanhã, Powell falará no Senado.

A expectativa do mercado é encontrar elementos que possam trazer perspectivas de quando o Comitê Federal de Mercado Aberto (Fomc, na sigla em inglês) iniciará um ciclo de queda dos juros nos EUA. A próxima reunião do Fed acontecerá no dia 20 de março.

A ferramenta CME FedWatch, que monitora a probabilidade de alterações nas taxas do Comitê Federal de Política Monetária (Fomc, na sigla em inglês), aponta que as apostas no início dos cortes em junho diminuiu ligeiramente. As probabilidades recuaram para 51,09%, em comparação com os 52,68% registrados na semana passada.

O dia também trará a divulgação do Livro Bege, relatório do Fed sobre as condições econômicas das 12 principais regiões do país, além dos números dos números dos relatórios ADP e Jolts do mercado de trabalho. O relatório oficial de emprego, conhecido como payroll, sairá na sexta-feira (8).

O ex-presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, confirmou o favoritismo e venceu as primárias da Super Terça e enfrentará Joe Biden pela presidência do país em 5 de novembro. Embora ainda não tenha garantido a indicação virtual, a vitória de ontem o coloca como o candidato Republicano. Trump venceu Nikki Haley, conquistando no mínimo de 946 delegados, ou 78% dos 1.215 totais necessários para se tornar formalmente o candidato do Partido Republicano. Biden terminou a noite com pelo menos 1.424 delegados, ligeiramente acima dos 72% do total necessário para garantir a indicação democrata.

Em Brasília, ontem, após se encontrar com o presidente da Câmara, Arthur Lira, o ministro da Fazenda, Fernando Haddad, disse que irá estudar as necessidades de cada setor e enviar, por meio de projeto de lei com urgência constitucional, o que ele chamou de Perse (Programa Emergencial de Retomada do Setor de Eventos) focado.

Segundo o ministro, o dever de casa agora é fazer um estudo de caso para indicar quais setores ainda precisam de ajuda e estes setores serão beneficiado pelo Perse focado. Dados apresentados por Haddad a Lira e aos líderes indicam que a renúncia fiscal com o programa chegou a R$ 10 bilhões em 2022 e a R$ 13 bilhões em 2023. “Já quase chegamos à marca de R$ 25 bilhões do acordo e fui isso que levei a Lira”.

Hoje será divulgado os números da Produção Industrial brasileira de janeiro. A previsão é de queda de 0,9% frente a dezembro. No comparativo com o mesmo período de 2023, a alta deve ser de 2,9%. As estimativas foram calculadas pelo Termômetro CMA. As previsões de cinco instituições financeiras consultadas para o resultado mensal variam entre -2,2 e -0,1%, com a média das projeções em -1,20%.

A temporada de balanço de quarto trimestre continua nesta quarta-feira semana, com os números da 3R Petroleum, Braskem, CSN, CSN Mineração, Dexco, SLC Agrícola e Taesa. Amanhã será a vez de Arezzo, Fleury, Gol, Petrobras e Petz.

No setor corporativo, a RaiaDrogasil divulgou na noite de ontem (5) o balanço do quarto trimestre de 2023 (4T23), com lucro líquido ajustado de R$ 283,3 milhões, queda de 5,9% em relação ao mesmo período de 2022 (4T22). O lucro líquido ajustado totalizou o montante de R$ 1,104 bilhão em 2023, alta de 11,4% em relação a 2022. Sem ajuste, o lucro líquido foi de R$ 284,7 milhões, queda de 2,4% na comparação com o mesmo período de 2022. Em 2023, o lucro líquido foi de R$ 1,150 bilhão, acima do valor registrado em 2022, que foi de R$ 1,029 bilhão.

A PetroRecôncavo divulgou na noite de ontem (5) o balanço do quarto trimestre de 2023, com lucro líquido de R$ 186,6 milhões, queda de 54% em relação ao mesmo período de 2022. Em 2023, o lucro líquido foi de R$ 708,9 milhões, queda de 39% em relação a 2022. O lucro antes juros, impostos, depreciação e amortização (Ebitda, na sigla em inglês) ajustado foi de R$ 312,5 milhões, queda 36% em relação ao último trimestre de 2022. Em 2023, o Ebitda ajustado foi de R$ 2,603 bilhões, alta de 15,1% em comparação a 2022. Em 2023, o Ebitda foi de R$ 1,278 bilhão, queda de 21% em comparação a 2022.

A PetroRio (Prio) divulgou sua prévia operacional de fevereiro, quando totalizou produção de petróleo de 82.813 barris de óleo equivalente por dia (boepd), ante 95.583 em janeiro. Os offtakes (vendas) totalizaram 2.483.574 barris (bbl) no mês passado, ante 2.409.182 bbl em janeiro.

O Conselho de Administração da RaiaDrogasil aprovou a destinação do lucro líquido de R$ 1.055.628.183,03 da maneira que segue: R$ 52.748.644,27, equivalente a 5% do lucro líquido, para a reserva legal e R$360.200.000, equivalente ao montante total bruto de juros sobre o capital próprio. Aprovou, ainda, remuneração anual global dos administradores para 2024 no montante de R$ 94.milhões.

O Méliuz S.A. informa que, com relação aos procedimentos de redução de capital no valor de R$ 210 milhões, o prazo para oposição de credores à redução de capital se encerra em 31 de março de 2024.

O Conselho de Administração do Banco do Brasil S.A. realizou uma reunião extraordinária para eleger membros para a Diretoria Executiva e para o Comitê de Tecnologia e Inovação.

A Localiza Rent a Car S.A. comunica o encerramento do prazo para subscrição de sobras do aumento de capital aprovado em dezembro de 2023. Das ações não subscritas, a maioria foi subscrita durante o primeiro rateio de sobras, restando algumas sobras adicionais.

A Oi S.A., em processo de recuperação judicial, informa que a Assembleia Geral de Credores foi instalada conforme previsto na Lei das S.A, mas após a instalação, conforme decisão judicial, foi deliberada a suspensão da Assembleia até 25 de março de 2024, com prorrogação do stay period. A maioria dos créditos presentes aprovou a medida.