RADAR DO DIA: Investidores animados, mas de olho na política

251
Foto: Paul Pasieczny / freeimages.com

São Paulo – O último pregão da semana deve operar majoritariamente em alta, refletindo China e coronavírus, embora desdobramentos relacionados a prisão de Fabrício Queiroz, ex-assessor de Flávio Bolsonaro pode azedar os negócios e deixar os investidores na defensiva.

Na China, o governo planeja acelerar as compras de bens agrícolas dos Estados Unidos para cumprir a fase I do acordo. Além disso, apesar de novos casos da doença em algumas, o recente surto estaria sob controle, de acordo com um médico local.

Por outro lado, a negociação entre os 27 governos europeus no que tange à estímulos fiscais para o combate ao coronavírus é pouco animadora, assim como a divulgação da dívida pública do Reino Unido que ultrapassou a marca de 100% do Produto Interno Bruto (PIB), mantém os investidores atentos.

 Nos Estados Unidos às atenções seguem voltadas para o aumento dos protestos contra a violência policial e o racismo que, além da morte de George Floyd, um homem negro, que foi morto por enforcamento por um policial branco, desta vez um homem negro foi morto após nova ação policial em uma lanchonete na cidade de Atlanta.

Internamente a prisão de Queiroz, próximo da família do presidente Jair Bolsonaro, deve deixar os ânimos ainda mais acirrados entre o Legislativo e o Judiciário. Ontem, Bolsonaro disse que a prisão foi “espetaculosa” porque ele não estava foragido nem demonstrava falta de cooperação com a justiça.

O presidente, porém, não comentou sobre o fato de Queiroz ter sido encontrado num imóvel de Frederick Wassef, advogado próximo da família Bolsonaro que chegou a dizer em entrevistas à imprensa não saber onde estava o ex-assessor.

No começo da semana, a Polícia Federal (PF) já havia cumprido 21 mandados de busca e apreensão relacionados ao inquérito que investiga a origem de recursos e a estrutura de financiamento de grupos suspeitos da prática de atos contra a democracia. Na segunda-feira, sob o mesmo inquérito, ocorreram prisões entre elas a de Sara Winter, identificada como uma das líderes do acampamento 300 do Brasil, em Brasília.

O desagravo entre os poderes também pode ser visto após o presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), Dias Toffoli, afirmar que os ataques direcionados à corte, como o ocorrido no último sábado, estão sendo financiados ilegalmente e contam com apoio de membros do Estado.

O Ministério Público Federal (MPF) determinou a abertura de inquérito para investigar o lançamento de fogos de artifício em direção ao prédio do STF no sábado. Também foi solicitada perícia no local a fim de identificar danos ocorridos no edifício e resguardar provas processuais.

Na semana passada, no entanto, um pedido de vista apresentado pelo ministro Alexandre de Moraes interrompeu o julgamento no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) de duas ações ajuizadas contra o presidente Jair Bolsonaro e o vice-presidente Hamilton Mourão. Elas pedem a cassação da chapa formada por ambos nas eleições de 2018.

Em relação à pandemia causada pelo novo coronavírus, o número de mortes no mundo está em mais de 445 mil pessoas, de acordo com a contagem da universidade norte-americana Johns Hopkins, enquanto o número de casos no mundo já ultrapassou 8,2 milhões de infectados. O Brasil possui 983,359 mil casos confirmados, enquanto 47,869 mil pessoas morreram por causa da doença.

Ontem, o Ibovespa encerrou em alta pelo terceiro pregão consecutivo, com ganhos de 0,60%, aos 96.125,24 pontos, amparado principalmente pelas ações do Itaú Unibanco e pela queda da Selic anunciada pelo Comitê de Política Monetária (Copom).

Nesta manhã, os contratos futuros de ações dos Estados Unidos mostram uma abertura no campo negativo, com os investidores atentos a novos surtos do coronavírus no país e na China e de olho na tensão entre os países.

Na Europa, as principais bolsas operam em alta ainda repercutindo a decisão do Banco da Inglaterra (BoE) de manter a taxa básica de juro do Reino Unido inalterada em 0,1% ao ano e a ampliação em 100 bilhões de libras esterlinas as compras de títulos do governo britânico, embora fatos relacionados ao coronavírus deixa os investidores mais cautelosos.

Na Ásia, os principais índices do mercado de ações fecharam em alta, de olho na parceria comercial com os Estados Unidos e de olho no avanço de casos do novo coronavírus.

EMPRESAS

A Gol Linhas Aéreas confirmou que solicitou à Securities and Exchange Comission (SEC, órgão equivalente à Comissão de Valores Mobiliários nos Estados Unidos) mais prazo para a entrega do formulário 20-F de 2019, documento de relatório anual obrigatório para empresas que possuem ações no mercado americano.

O conselho de administração da Companhia Energética de Minas Gerais (Cemig) aprovou a mudança da data do pagamento da primeira parcela referente aos juros sobre capital próprio (JCP) no valor de R$ 200 milhões, previsto para ser pago até 30 de junho, para até o dia 30 de dezembro de 2020.

O conselho de administração das Lojas Renner aprovou o pagamento de R$ 55,942 milhões em juros sobre o capital próprio (JCP), relativo ao exercício de 2020, o equivalente a R$ 0,070596 por ação.

O conselho de administração da Localiza aprovou o décimo segundo plano de recompra de ações de até 50 milhões de papéis, a preço de mercado, com validade de 23 de julho de 2020 a 22 de julho de 2021. Atualmente a empresa possui 597,257 milhões de ações em circulação.

O conselho de administração da Companhia Paranaense de Energia (Copel) aprovou a carta anual de políticas públicas e de governança corporativa 2019, conforme prevê a lei 13.303/2016, mais conhecida como lei das estatais.

O conselho diretor da Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) aprovou, em reunião extraordinária, a celebração do termo de ajustamento de conduta (TAC) da TIM, que prevê o arquivamento de processos por um valor de referência de R$ 639 milhões e contemplará ações de melhorias e de qualidade como o incremento de infraestrutura de rede em mais de 2 mil localidades.

Após chegar a um acordo com a Braskem para o fornecimento de nafta, a Petrobras informou que firmou três contratos com a petroquímica no valor total de R$ 35,5 bilhões e prazo de cinco anos.

A produção de aço bruto no Brasil caiu 22,6% em maio ante igual período do ano passado, para 2,188 milhões de toneladas, segundo dados preliminares divulgados pelo Instituto Aço Brasil (IABr).

A Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP) aprovou a cessão de direitos de 10 contratos de concessão da Petrobras para a Trident Energy do Brasil.

A operadora de telecomunicações Oi confirmou que recebeu uma proposta vinculante da Piermonte Holding para vender cinco centros de dados da empresa por R$ 325 milhões.