Produção mundial de aço bruto recua 5,1% em maio, para 161,6 mi t

819

São Paulo, SP – A produção mundial de aço bruto diminuiu 5,1% em maio em relação ao mesmo mês de 2022, para 161,6 milhões de toneladas, segundo informações divulgadas pela Associação Mundial do Aço (WSA, na sigla em inglês). No ano, de janeiro a maio, a produção mundial de aço bruto recuou 1,2%, chegando a 786 milhões de toneladas.

Em maio, a China seguiu como o maior produtor mundial no período, com 90,1 milhões de toneladas, 7,3% inferior ao mesmo período do ano passado.

Em segundo lugar, a Índia somou produção de 11,2 milhões de toneladas no mesmo período, alta de 4% na base anual.

Na terceira posição, o Japão diminuiu a produção em maio em 5,2%, para 7,6 milhões de toneladas.

Os Estados Unidos aparecem no quarto lugar entre os maiores produtores de aço do mundo, com 6,9 milhões de toneladas em maio, recuo de 2,3% na comparação anual.

Com produção estimada de 6,8 milhões de toneladas em maio, a Rússia ficou em quinto lugar, 8,6% acima do apurado em maio do ano passado.

O Brasil foi o oitavo maior produtor mundial do ranking da WSA, com produção 2,8 milhões de toneladas de aço bruto em maio, queda de 5,5% em relação ao mesmo mês de 2022.