Produção mundial de aço bruto cresce 6,6% em julho, segundo WSA

497

São Paulo – A produção mundial de aço bruto teve alta de 6,6% em julho na comparação anual, totalizando 158,5 milhões de toneladas, em relação ao mesmo mês do ano passado, segundo Associação Mundial do Aço (WSA, na sigla em inglês).

A China seguiu como o maior produtor mundial no período, com 90,8 milhões de toneladas (+11,5%), seguido por India (+14,3%, a 11,5 milhões de toneladas), Japão (+0,9%, a 7,4 milhões de toneladas), Estados Unidos (+0,5%, a 6,9 milhões de toneladas) e Rússia (+5,8%, a 6,3 milhões de toneladas).

O Brasil apareceu novamente na nona posição, com recuo de 4,7% na produção de aço em julho em relação ao mesmo período do ano passado, com 2,7 milhões de toneladas.

No acumulado de janeiro a julho, a produção mundial de aço foi 0,1% menor que a observada no mesmo intervalo de 2022, com 1,1 bilhão de toneladas produzidas pelos 63 países acompanhados pela entidade.