Preço da gasolina recua 0,72% após última redução nas refinarias, aponta Ticket Log

582
Foto: Shutterstock

São Paulo, SP – A última análise do Índice de Preços Ticket Log (IPTL) apontou que após a redução de 4,3% no valor da gasolina no repasse às distribuidoras, válida desde o dia 16 de junho, o preço do litro do combustível foi comercializado a média de R$ 5,50 nas bombas de abastecimento do país no último dia 20 do mesmo mês, com recuo de 0,72%, quando comparado ao dia 15, data anterior ao reajuste.

“O reflexo no valor da gasolina repassado ao consumidor final ainda é tímido, quando analisamos a média nacional, e representa uma economia de R$ 0,04 centavos. Mas houve redução no preço do combustível em todas as regiões brasileiras. O recuo mais expressivo foi registrado na Região Centro-Oeste, de 1,25%, que fechou o último dia 20 de junho a R$ 5,53”, destacou Douglas Pina, Diretor-Geral de Mobilidade da Edenred Brasil.

Já no recorte por Estado, quase todos fecharam o período com redução no valor da gasolina, com exceção de Paraíba, onde o litro foi comercializado a R$ 5,35, com acréscimo de 0,19%, ante a data anterior ao reajuste; e do Sergipe, onde o combustível ficou 0,53% mais caro e fechou a R$ 5,72. No Amazonas a média permaneceu estável, quando comparada ao dia 15 de junho, com valor de R$ 6,01.

O Distrito Federal fechou o período com o preço médio da gasolina comercializado a R$ 5,41 e liderou o ranking do recuo nacional mais expressivo para o combustível, de 3,05%.

O IPTL é um índice de preços de combustíveis levantado com base nos abastecimentos realizados nos 21 mil postos credenciados da Ticket Log, que tem grande confiabilidade, por causa da quantidade de veículos administrados pela marca: 1 milhão ao todo, com uma média de oito transações por segundo.