PMI do setor de serviços dos EUA cai a 51,2 pontos em janeiro após revisão

666

São Paulo – O índice dos gerentes de compras (PMI, na sigla em inglês) sobre a atividade do setor de serviços dos Estados Unidos caiu para 51,2 pontos em janeiro, de 57,6 pontos em dezembro, de acordo com dados revisados divulgados pelo instituto de pesquisas IHS Markit. A leitura preliminar havia mostrado 50,9 pontos.
Os analistas esperavam 51,0 pontos em janeiro. Números acima de 50 sugerem expansão da atividade, enquanto valores menores apontam contração. O PMI composto, que agrega dados dos segmentos industrial e de serviços, caiu para 51,1 pontos em janeiro, de 57,0 pontos em dezembro. A leitura preliminar havia mostrado 56,9 pontos.
“A economia dos Estados Unidos foi duramente atingida pela variante Ômicron no início de 2022, com o crescimento sendo o mais fraco em 18 meses, para sinalizar um quase empate da recuperação”, disse o economista chefe da IHS Markit, Chris Williamson.
“Além do efeito amortecedor da demanda do vírus, as empresas estão enfrentando múltiplas adversidades, incluindo escassez de mão-de-obra, problemas na cadeia de fornecimento, aumento de custos e inflação crescente, combinado com preocupações sobre a resiliência futura da demanda em meio ao aumento das taxas de juros e redução do apoio fiscal”, acrescentou.