Parte da grande imprensa é inimiga, diz Bolsonaro

48
Jair Bolsonaro
O presidente Jair Bolsonaro visita o Centro Integrado de Inteligência e Segurança Pública da Região Sul em Curitiba (PR). (Foto: Marcos Corrêa/PR)

Por Gustavo Nicoletta

São Paulo – O presidente Jair Bolsonaro fez um novo ataque à imprensa e disse que uma parte dos principais veículos de comunicação é “nossa inimiga”. “Enquanto lutamos entre nós o inimigo se fortalece”, disse ele, em sua conta no Twitter.

“Não temos como agradar a todos, vasculham minha vida e de minha família desde 1988, quando me elegi vereador. Nossa inimiga: parte da GRANDE IMPRENSA. Ela não nos deixará em paz. Se acreditarmos nela será o fim de todos”, acrescentou.

O presidente já havia feito ataques à imprensa em ocasiões anteriores em particular à rede Globo e ao jornal Folha de S.Paulo – e diz de forma recorrente que se sente perseguido pelos jornalistas.

Em agosto, Bolsonaro publicou uma medida provisória (MP 892) que desobriga as empresas de publicarem em jornais informações como resultados financeiros, antecipando o fim de uma prática que gera uma fonte importante de recursos para os jornais.

Ele disse que “a medida retribui parte do que grande parte da mídia me atacou”, mas disse que a decisão “não é uma retaliação contra a imprensa”.