ONS registra novo recorde na medição de carga do sistema pelo segundo dia consecutivo

570

São Paulo – O Operador Nacional do Sistema Elétrico (ONS) registrou, pelo segundo dia consecutivo, um novo recorde na demanda instantânea de carga do Sistema Interligado Nacional (SIN): às 14h20 de 14 de novembro, foi aferido o patamar de 101.475 MW. O montante é 0,5% superior ao recorde batido ontem (13), quando a carga do SIN superou, pela primeira vez na história, a marca de 100.000 MW, com 100.955 MW.

Os recentes resultados demonstram que houve um incremento de 16,8% na carga, se considerada a demanda atendida nos primeiros dias de novembro, passando de 86.800 MW para os atuais 101.475 MW.

A onda de calor que vem afetando boa parte do Brasil incidiu diretamente na demanda por energia elétrica. O Operador reforça que o SIN é robusto, seguro, possui uma ampla diversidade de fontes e está preparado para atender às demandas de carga e potência da sociedade brasileira.

No momento em que o novo patamar foi registrado, o atendimento à carga era feito por 60.095 MW de geração hidráulica (59,8%), 11.601 MW de geração térmica (11,5%), 9.511 MW de geração eólica (9,5%), 8.464 MW de geração solar centralizada (8,4%) e 11.302 MW de geração solar proveniente de micro e mini geração distribuída – MMGD (11,2%).