Marfrig salta 7% e Usiminas sobe 6%, nas maiores altas do Ibovespa

Por Danielle Fonseca

São Paulo – As ações de diversos setores mostram uma recuperação em meio a expectativas de estímulos econômicos no exterior e ajudam o Ibovespa a operar no campo positivo, com destaque para o de proteínas, com a China habilitando novas plantas de frigoríficos brasileiros para exportações. O dia também é positivo para siderúrgicas e bancos.

Às 14h48 (horário de Brasília), entre os frigoríficos, as ações da Marfrig (MRFG3 7,23%) mostram a maior alta do Ibovespa e chegaram a saltar mais de 8% após ter mais duas plantas habilitadas para exportação de carne bovina à China. As unidades autorizadas foram as de Tangará da Serra e Várzea Grande, ambas localizadas no estado Mato Grosso. Com isso, a companhia passa a ter 11 plantas habilitadas para exportação ao país asiático, sendo cinco no Brasil, quatro no Uruguai e duas na Argentina.

As ações da BRF (BRFS3 1,68%) são outras que avançam também refletindo a habilitação de duas novas plantas, sendo uma de frango e uma de suíno, localizadas em Lucas do Rio Verde, no Mato Grosso, com capacidade de abate diária de aproximadamente 300 mil aves e 5 mil suínos. Com essas novas autorizações, a companhia passa a ter nove plantas para exportar para o país asiático.

De acordo com o Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento
(Mapa), China habilitou mais 25 unidades frigorificas brasileiras para exportar ao país. A Minerva (BEEF3 5,33%), que não está no Ibovespa, foi outra companhia contemplada, com duas unidades liberadas para exportações.

Ainda estão entre as maiores altas do Ibovespa os papéis da Usiminas
(USIM5 6,77%), da Gerdau (GGBR4 4,10%) e da CSN (CSNA3 3,62%), em meio a expectativas de que a China continue estimulando sua economia depois de dados fracos da sua balança comercial e depois de já ter reduzido taxa de depósitos compulsórios.

Apesar de dados mais fracos da balança, os analistas da XP Investimentos
destacam que as importações chinesas de minério de ferro voltaram a subir em agosto, com alta de 4% ante julho. “Esse foi o nível mais alto de importações desde janeiro de 2018”, afirmaram em relatório.

Os papéis de bancos são outros que seguem fortes e sustentando o Ibovespa, embora já tenham desacelerado um pouco os ganhos. Os papéis mostram ganhos significativos desde a última quinta-feira, quando o presidente do Banco Central (BC), Roberto Campos Neto, reafirmou que o BC estuda planos que vão reduzir fortemente os depósitos compulsórios. Entre os destaques estão as ações do Itaú Unibanco (ITUB4 2,78%), do Santander (SANB11 2,13%) e do Banco do Brasil (BBAS3 0,70%).

No caso do Banco do Brasil, a instituição confirmou na última sexta-feira que analisa uma reorganização da estrutura do seu banco de investimentos, com eventuais parcerias, embora não tenha informado com quem pretende fazer parcerias. Segundo a “Agência Estado”, o banco estaria em negociações avançadas com o UBS para constituir uma joint venture no segmento.

WP Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com