Ibovespa fecha em alta com ajuste em dia de vencimento de opções

458
Imagem perspectiva mercados
Indicadores da Bolsa de Valores

O Ibovespa iniciou a semana em alta, em um movimento de ajuste às fortes perdas registradas na semana passada. Em meio a um feriado prolongado nos Estados Unidos, o giro foi puxado pelo vencimento de opções sobre ações na B3, que sozinho movimentou R$ 21,399 bilhões.

Desde cedo, a boa notícia proporcionada pela aprovação do uso emergencial de duas vacinas contra a covid-19 no Brasil alimentou o apetite por risco apesar da persistente medição de forças entre o presidente Jair Bolsonaro e o governador paulista, João Dória.

“Além do ajuste, tem uma pitada de vacina. É o tipo de notícia que o pessoal gosta”, comentou um operador de renda variável.

O Ibovespa perdeu um pouco de fôlego depois do término do exercício de opções, abandonando a faixa dos 122 mil pontos, mas ainda assim fechou em alta de 0,74%, aos 121.241,63 pontos.

No mercado de câmbio, o dólar comercial fechou em leve alta de 0,07% no mercado à vista, cotado a R$ 5,3050 para venda, em sessão de forte volatilidade refletindo a liquidez reduzida dos negócios em meio ao feriado nos Estados Unidos. Um fluxo de entrada de recursos estrangeiros chegou a animar o mercado doméstico, com a moeda estrangeira renovando mínimas abaixo de R$ 5,25. Porém, após a aprovação do uso emergencial de duas vacinas contra a covid-19 no país, investidores ficam atentos à logística do medicamento.

O diretor superintendente de câmbio da Correparti, Jefferson Rugik, destaca a forte amplitude da moeda ao longo da sessão com investidores domésticos “comemorando” o início da vacinação no Brasil e “com sinais” de uma entrada pontual de fluxo de capital estrangeiro para a B3, a bolsa de valores brasileira. “Em dia de fraca liquidez e de poucos negócios, em função do feriado nos Estados Unidos”, comenta.

Nos EUA, o Dia de Martin Luther King manteve os mercados financeiros norte-americanos fechados.