Governo manterá compromisso com teto de gastos, diz Bolsonaro

O presidente da República, Jair Bolsonaro. (Foto: Rovena Rosa/Agência Brasil)

São Paulo – O governo federal vai manter o compromisso com o teto de gastos e qualquer medida para mitigar os efeitos da crise gerada pela pandemia de covid-19 será temporária, afirmou o presidente Jair Bolsonaro durante um evento promovido pelo Credit Suisse.

“No âmbito fiscal, manteremos firme o compromisso com a regra do teto de despesas como âncora de sustentabilidade e de credibilidade econômica. Não vamos deixar que medidas temporárias relacionadas com a crise se tornem compromissos permanente de despesas”, afirmou.

Ele também prometeu que neste ano o governo federal vai acelerar os planos de privatização e de concessões, e que defenderá as reformas econômicas junto ao Congresso. “Vamos avançar nas propostas de reforma fiscal, tributária e administrativa em parceria com o Congresso e a sociedade.”

Bolsonaro também abordou a vacinação contra a covid-19, em meio a notícias de que o governo ignorou um acordo com a Pfizer, uma das empresas que produz imunizantes contra a doença. Segundo o presidente, “sempre disse que qualquer vacina, uma vez aprovada pela Anvisa, seria comprada pelo governo federal.” A Pfizer ainda não pediu registro de sua vacina junto à agência.