EXCLUSIVO: Indicação para a Agricultura passa por Blairo Maggi; veja nomes cotados

1492
Brasília - O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva participa do 3º Congresso Nacional da Juventude do PT (Antonio Cruz/Agência Brasil)

A indicação do próximo ministro da Agricultura passa, necessariamente, pelo ex-ministro Blairo Maggi. 

Maggi declinou o convite do presidente eleito Luís Inácio Lula da Silva para assumir novamente a pasta, da qual foi titular durante o governo Michel Temer. Dono do Grupo Amaggi, ele alegou questões de compliance para não aceitar a posição.

Com a negativa, dois nomes foram levados ao ex-ministro para que ele desse sua bênção: Carlos Fávaro e Neri Geller. 

Blairo não se opõe a nenhum dos dois, mas prefere, à princípio, Geller. A composição para fazer Fávaro ministro é mais complexa. A suplente dele no Senado é Margareth Buzetti, considerada bastante bolsonarista. 

Como alternativa, o entorno de Lula tenta levá-la para o PSB de Geraldo Alckmin ou União Brasil, para dirimir os riscos de avolumar a oposição ao próximo Governo por uma articulação do próprio PT. 

Sendo Fávaro ou Geller, a indicação será da cota pessoal de Lula.