Estatal solicita desvinculação do programa de governança de estatais da B3

290
Foto: Divulgação/Petrobras

São Paulo – A Petrobras informou que solicitou sua desvinculação do programa de destaque em governança de estatais da B3, a qual tinha aderido em agosto de 2017.

Diante da evolução de suas práticas de governança, a empresa aderiu ao segmento especial de listagem Nível 2 de governança corporativa da B3 que se destaca pelas regras mais rigorosas, o qual a estatal permanece sob a supervisão da B3.

De acordo com a petrolífera, as principais regras brasileiras de governança estão devidamente delineadas na lei 13.303/16 e no decreto 8.945/16, aos quais a companhia já se submete.

Em comunicado, a Petrobras ressaltou que obteve nota máxima em todos os ciclos de avaliação do Indicador de Governança (IG-SEST), elaborado pela Secretaria de Coordenação e Governança das Empresas Estatais (SEST), atualmente vinculada ao Ministério da Economia.