Eletrobras assina acordo com Paul Wurth para atuação conjunta em hidrogênio renovável

170
Foto Divulgação/ Eletrobras

São Paulo – A Eletrobras assinou memorando de entendimento com a Paul Wurth do Brasil para atuação conjunta no mercado de produção de hidrogênio renovável e combustíveis sintéticos. O acordo visa desenvolver e estabelecer cooperação entre as empresas priorizando o uso do hidrogênio renovável na descarbonização de diversos processos siderúrgicos.

A parceria inclui a construção e operação de uma planta de 10 MW para produção de hidrogênio renovável (H2R) e oxigênio. A expectativa é de que os estudos de viabilidade estejam concluídos em cerca de um ano.

A planta, quando concluída, terá capacidade 37 vezes maior do que a da plataforma de desenvolvimento e demonstração de tecnologias do H2R da Eletrobras localizada na UHE Itumbiara, na divisa entre Minas Gerais e Goiás.

Segundo a empresa, o anúncio de hoje faz referência ao comunicado ao mercado divulgado em 24 de novembro de 2023, que informou a aprovação, pelo conselho de administração, das diretrizes estratégicas da Eletrobras para o hidrogênio verde (ou hidrogênio de baixa emissão de carbono) de forma a balizar sua atuação em relação às perspectivas de expansão da sua produção e uso na matriz energética nacional e global.

“A Eletrobras segue contribuindo para que a matriz energética brasileira seja uma das mais limpas e renováveis do mundo e reafirma o seu compromisso com o desenvolvimento sustentável, com a inovação e a excelência”, concluiu a empresa, em comunicado.