Desaceleração econômica nos EUA ainda não está descartada, alerta FMI

778
Foto: Grabowska/Pexels

São Paulo – A diretora do Fundo Monetário Internacional (FMI), Gita Gopinath, alertou hoje que uma desaceleração econômica dos Estados Unidos permanece “dentro do reino das possibilidades”, apesar de ponderar essas chances após a divulgação de indicadores econômicos positivos recentemente.

Gopinath disse hoje que o fundo ficou surpreso com a força do mercado de trabalho dos Estados Unidos, os dados recentes do índice de preços ao consumidor (CPI, na sigla em inglês) e os gastos do consumidor, levando-o a revisar suas previsões de crescimento econômico para o país.

“Se você olhar para os dados recentes, verá alguns sinais de afrouxamento”, disse Gopinath em entrevista à CNBC. “Isso nos dá a possibilidade de que possamos evitar uma recessão”, disse ela.

O FMI divulgou ontem seu mais recente relatório de Perspectivas Econômicas Mundiais, no qual disse que vê a economia dos EUA se expandindo 1,6% este ano, acima da previsão de 1% em 2022.

Ainda assim, Gopinath observou que a economia permanece em uma posição precária, com pouco espaço para erros.

“Se você olhar para nossos números de crescimento, estamos olhando para números de crescimento muito baixos para os Estados Unidos e, portanto, os riscos de um hard landing permanecem”, disse ela.