CSN aciona Nivel 2 de emergência para barragem B2 em Minas Gerais

1635

São Paulo – A Companhia Siderúrgica Nacional (CSN) acionou o protocolo Nível 2 do seu plano de emergência de barragens, para a barragem B2, localizada em Rio Acima (MG), na mina de Fernandinho, detida por sua controlada Minérios Nacional.
Segundo a companhia, a barragem B2 “não envolve riscos à população pois todos os moradores da Zona de Autossalvamento (ZAS) já foram realocados e tampouco representa impacto relevante na produção da companhia.”
“Os órgãos competentes já foram avisados e segue à disposição das autoridades”, acrescentou, em comunicado enviado ontem (10) à noite à Comissão de Valores Mobiliários (CVM).
Segundo a companhia, dado o alto volume de chuvas registrado nesses últimos dias, vem realizando uma série de investigações geotécnicas de modo a assegurar e acompanhar as condições de segurança das estruturas de todas as suas barragens e das comunidades ao seu redor.
Ontem (10), a CSN também comunicou a paralisação temporária das operações de mineração devido às intensas chuvas registradas na região Sudeste do Brasil nos últimos dias. a companhia suspendeu as operações de extração e movimentação na mina Casa de Pedra, da CSN Mineração, em Congonhas (MG), e de carregamento de minério no Terminal de Carvão (Tecar), no porto de Itaguaí (RJ), com expectativa de retorno das atividades nesses próximos dias.
“As companhias tomarão todas as medidas necessárias para a manutenção de sua operação, respeitando os cuidados necessários para garantir a segurança dos empregados e das comunidades, e espera retomada gradual das atividades assim que as condições climáticas permitirem”, informou a CSN, em comunicado.