China implementa novas regras hipotecárias para impulsionar vendas de imóveis

1034
Foto: Freeimages.com/ Martin Boulanger

São Paulo – Os reguladores chineses adotaram medidas para tornar as condições de financiamento imobiliário mais acessíveis a um grupo mais amplo de compradores de imóveis, noticiou a agência de notícias estatal Xinhua nesta sexta-feira (25).

O Banco do Povo da China (PBoC), o Ministério do Desenvolvimento Urbano e Rural e a Administração Reguladora Financeira Nacional, em uma ação conjunta, revisaram os requisitos para compradores que já possuem propriedades residenciais, com o objetivo de estimular as transações no mercado imobiliário em meio à sua persistente desaceleração.

De acordo com a Xinhua, agora aqueles que desejam comprar propriedades e não possuem imóveis registrados em seus nomes também podem usufruir de condições de financiamento mais vantajosas, anteriormente reservadas aos compradores de primeira viagem. Geralmente, os compradores de primeira casa recebem taxas de juros hipotecários mais favoráveis em comparação com aqueles que já possuem pelo menos uma propriedade.

Além disso, os compradores de primeira casa também se beneficiarão de requisitos de pagamento inicial reduzidos, que podem ser tão baixos quanto 20% do valor total da propriedade.