CCR assina aditivo para recompor equilíbrio econômico de contrato da VLT Carioca

263

São Paulo, SP – A CCR informou ontem (20) que celebrou um Termo Aditivo de Concessão, por sua controlada, a concessionária do VLT Carioca e o Município do Rio de Janeiro, e, na qualidade de interveniente-anuente, a Companhia Carioca de Parcerias e Investimentos (CCPAR).

Segundo o comunicado, o aditivo vai recompor o equilíbrio econômico-financeiro do contrato de concessão, em razão da operação da Extensão VLT, no valor de R$ 48,8 milhões, na data-base de junho de 2023, a ser paga em parcelas mensais pelo poder concedente à concessionária, no período entre abril de 2024 e o final do contrato de concessão (dezembro de 2038); e incorporar a operação e a manutenção do Terminal Intermodal Gentileza (TIG), mediante exploração das receitas comerciais.