BTG/Pan, Pagbank/Pagseguro e Bradesco lideram ranking de reclamações do BC

317

São Paulo, SP – O conglomerado BTG Pactual/Banco Pan liderou o ranking de reclamações do Banco Central, entre as 15 maiores instituições financeiras e de pagamento do Brasil (com maior número de clientes), no quarto trimestre de 2023. Na sequência aparecem o Pagbank/Pagseguro e Bradesco, segundo dados divulgados pelo BC. Irregularidades relativas a integridade, confiabilidade, segurança, sigilo ou legitimidade das operações e serviços relacionados a cartões de crédito lideram queixas no período.

O conglomerado BTG/Pan teve um índice de reclamações de 34,11 (791 registros procedentes em um universo de 23,1 milhões de clientes). Em segundo lugar ficou o
Pagbank/Pagseguro, com índice de 20,35 (633 reclamações e 31,1 milhões de clientes), e em terceiro o Bradesco, com índice de 18,96 (2.007 reclamações e 105,8 milhões de clientes).

O índice do BC é calculado a cada três meses, com base no número de reclamações consideradas procedentes, dividido pelo número de clientes da instituição, multiplicado por 1 milhão. Quanto maior o indicador, pior a classificação da instituição.

Entre os quatro maiores bancos, depois do Bradesco, o pior da lista é o Santander (sexto lugar), seguido por Caixa Econômica Federal (sétimo lugar), Itaú (décimo lugar) e o Banco do Brasil (décimo terceiro lugar). A instituição com mais clientes é a Caixa, com 151,4 milhões.

Entre os demais bancos e instituições financeiras, o Inter ficou em quarto lugar (543 registros procedentes em um universo de 29,1 milhões de clientes), seguido do C6 Bank (432 registros procedentes em um universo de 28,3 milhões de clientes). Na oitava posição
ficou o Neon (245 registros procedentes em um universo de 11,6 milhões de clientes), seguido pelo Original (542 registros procedentes em um universo de 53, milhões de clientes).

Veja abaixo as dez reclamações mais frequentes no terceiro trimestre:

1. Irregularidades relativas a integridade, confiabilidade, segurança, sigilo ou legitimidade das operações e serviços relacionados a cartões de crédito (1.934)

2. Irregularidades relativas a integridade, confiabilidade, segurança, sigilo ou legitimidade das operações e serviços, exceto as relacionadas a cartão de crédito, cartão de débito, internet banking, ATM, credenciadora e operação de crédito (728)

3. Irregularidades relativas a integridade, confiabilidade, segurança, sigilo ou legitimidade dos serviços relacionados a operações de crédito, exceto consignado (722)

4. Restrição à realização de portabilidade de operações de crédito consignado relativas a pessoas naturais (515)

5. Oferta ou prestação de informação sobre a conta ou serviços acessórios de forma inadequada (474)

6. Irregularidades relativas a integridade, confiabilidade, segurança, sigilo ou legitimidade dos serviços relacionados a operações de crédito consignado (473)

7. Oferta ou prestação de informação sobre crédito consignado de forma inadequada (454)

8. Irregularidades relativas a integridade, confiabilidade, segurança, sigilo ou legitimidade
das operações e serviços prestados relacionados a conta de pagamento pré-paga -instituição de pagamento (413)

9. Irregularidades relativas a integridade, confiabilidade, segurança, sigilo ou legitimidade
das operações e serviços prestados relacionados a conta de pagamento pós-paga – instituição de pagamento (407)

10. Débito em conta não autorizado pelo cliente, ou não cumprimento das regras aplicáveis
(400)