BTG Pactual registra lucro líquido ajustado de R$ 1,2 bilhão no 4T20

150

São Paulo – O banco BTG Pactual registrou lucro líquido ajustado de R$ 1,258 bilhão no quatro trimestre de 2020. Em 2020, a receita total chegou a R$ 9,30 bilhões, aumento de 11,6% em relação a 2019, e lucro líquido ajustado de R$ 4,05 bilhões no acumulado do ano.

O lucro líquido ajustado por unit e o retorno ajustado anualizado sobre o patrimônio líquido médio do BTG Pactual (ROAE anualizado) foi de R$1,39 e 19,1%, respectivamente, e de R$4,48 e 16,9%, respectivamente.

Em 30 de dezembro de 2020, o ativo total do BTG Pactual somou R$ 244,9 bilhões, uma queda de 3,3% em comparação com o trimestre encerrado em 30 de setembro de 2020.

Em Asset Management, o total de ativos sob gestão e administração (AuM e AuA) em 31 de dezembro de 2020 somou R$ 377,1 bilhões, 38,1% a mais do que o registrado no fechamento de 2019.

Em Wealth Management, os ativos sob custódia (WuM) somaram R$ 258,4 bilhões, um avanço de 53,8% em relação a 2019. A receita em Wealth Management cresceu 51,5% no trimestre, em comparação ao 4T19, resultado recorde para um único trimestre de R$ 247,2 milhões.

A área de Investment Banking apresentou receitas 68,1% maiores em comparação ao 4T19, de R$ 515 milhões. A receita de Investment Banking aumentou 40% em relação a 2019 e alcançou R$ 1,33 bilhões. A área de Sales & Trading registrou avanço de 10,9% na comparação com 4T19, para R$ 751,6 milhões.

O Banco teve ainda o seu melhor trimestre desde o IPO em Corporate & Lending e atingiu R$ 596,5 milhões em receitas, aumento de 160,2% em relação ao 4T19, com uma carteira de R$ 73,7 bilhões – ao mesmo tempo em que manteve a boa
qualidade dos ativos, concedendo crédito para empresas de primeira linha e rápida expansão na carteira de crédito para PME.

Bruno Soares / Agência CMA