Biden é declarado vencedor no Arizona e consolida vitória sobre Trump

260
O democrata Joe Biden em discurso / Foto: Campanha de Joe Biden

São Paulo, 13 de novembro de 2020 – O presidente eleito dos Estados Unidos, Joe Biden, consolidou sua vitória nas eleições ao ser declarado vencedor no Arizona por mais veículos da imprensa norte-americana, marcando a primeira vez que um democrata vence no estado desde o ex-presidente Bill Clinton em 1996.

A Associated Press (AP) já havia declarado vitória de Biden no Arizona na semana passada, dando ao democrata 49,4%, ou 1.668.684 votos, contra 49,1% de Trump, ou 1.657.250 votos, uma diferença de 11.434 votos, com 99% das urnas apuradas. A Fox News também havia reconhecido a vitória de Biden.

Outros meios de comunicação dos Estados Unidos, porém, como CNN, The New York Times e The Washington Post, esperaram mais avanços na contagem de votos, e agora declararam a vitória de Biden. A mídia reportou que, segundo a Secretaria de Estado do Arizona, com pouco mais de 9 mil cédulas restantes para tabular, seria impossível para Trump ultrapassar Biden.

O Arizona dá ao vencedor 11 votos no Colégio Eleitoral. As urnas ainda estão sendo apuradas na Geórgia, onde Biden lidera por 0,3 ponto percentual (pp), segundo a AP, e na Carolina do Norte, onde Trump lidera por 1,3 pp.

Biden conquistou 290 votos, segundo a AP, superando os 270 votos necessário para a vitória, enquanto Trump conquistou 217 votos. O atual presidente ainda não admitiu a derrota, e seus advogados entraram com processos judiciais em diferentes estados, sugerindo supostas violações.