BCE aceitará títulos sem grau de investimento como garantia

Sede do Banco Central Europeu (BCE), em Frankfurt. Foto: Divulgação/ BCE

São Paulo – O Banco Central Europeu (BCE) vai permitir que bancos usem como garantias para empréstimos alguns títulos de dívida sem grau de investimento, como parte das medidas temporárias para fornecer liquidez em meio à pandemia do novo coronavírus.

Segundo o BCE, ativos classificados como ‘BBB-‘, com exceção dos títulos lastreados em ativos, continuarão elegíveis para ser usados como garantias em caso de rebaixamentos de rating, desde que permaneçam cumprindo critérios de qualidade de crédito para ativos sem categoria de investimento.

A decisão visa a “mitigar o efeito sobre a disponibilidade de garantias de possíveis rebaixamentos de classificação de risco resultantes das consequências econômicas da pandemia de covid-19”, e complementa o pacote mais amplo de alívio de garantias anunciado em 7 de abril de 2020, diz o BCE.

Na ocasião, o BCE facilitou as condições de utilização de créditos como garantia e adotou uma redução geral dos cortes de avaliação de garantias. Além disso, passou a aceitar a dívida soberana grega como garantia em operações de crédito.

Por fim, “o BCE pode decidir, se e quando necessário, adotar medidas adicionais para mitigar ainda mais o impacto de rebaixamentos de rating, principalmente com o objetivo de garantir a transmissão suave de sua política monetária em todas as jurisdições da zona do euro”.