Assembleia da Eletrobras aprova incorporação de Furnas

260
Foto: Divulgação/Eletrobras/Claudio Ribeiro

São Paulo, SP – A Eletrobras, em assembleia geral extraordinária realizada em 11 de janeiro de 2024, aprovou a incorporação da subsidiária integral Furnas – Centrais Elétricas. A incorporação não acarretará aumento de capital, nem a emissão de novas ações pela Eletrobras e nem direito de recesso.

“A incorporação de Furnas representa um marco importante para a reorganização societária da Eletrobras e simplificação de sua estrutura, conforme previsto no Plano Estratégico da empresa”, segundo informou a empresa.

A assembleia aconteceu após o ministro Alexandre de Moraes, do Supremo Tribunal Federal (STF), atender ao pedido da companhia e determinar a cassação das decisões que haviam suspendido a realização da Assembleia-Geral Extraordinária, cujo objetivo era votar a incorporação de Furnas.

Moraes afirmou que os tribunais, ao suspenderem a realização da AGE, acabaram por afastar a própria incidência da lei que trata da desestatização da companhia.