Yellen pede ao G-20 manutenção de estímulos e apoio à vacinação

A secretária do Tesouro dos Estados Unidos, Janett Yellen / Foto: Federal Reserve

São Paulo – A secretária do Tesouro norte-americano, Janet Yellen, destacou a necessidade de uma resposta coordenada à crise global e exortou os países do G-20 (grupo que reúne economias mais industrializadas e países emergentes) a adotarem medidas de apoio fiscal e financeiro significativas para mitigar os efeitos da pandemia do novo coronavírus sobre a economia.

“Exorto os países do G-20 a continuarem adotando ações de política fiscal e financeira significativas e a evitar retirada do apoio muito cedo. Se houve um momento para crescer, este é o momento”, disse ela em uma carta ao grupo.

Yellen destaca ainda a importância de ações conjuntas para vencer a crise atual na direção de uma recuperação econômica mais sólida. “Além disso, devemos garantir que os benefícios do comércio e investimento internacional sejam alcançados por todos os nossos trabalhadores e consumidores. Juntos, nossos esforços serão maiores do que a soma de nossas respostas individuais. Juntos, podemos construir uma recuperação global melhor, mais forte e mais uniforme”, afirmou.

A secretária norte-americana também pediu que o G-20 aumente o apoio aos programas de vacinação contra a covid-19 como forma de impulsionar a economia global. “Um programa de vacinação rápido e verdadeiramente global é o estímulo mais forte que podemos oferecer à economia mundial”, disse ela.